Economizar dinheiro ganhando pouco. É possível?

Por Assessoria de Imprensa

Economia é bom e todo mundo sabe disso, não é mesmo? Mas entender como economizar dinheiro ganhando pouco é a parte complicada. Muitos fazem promessas de gastar menos mas não conseguem fazer sobrar no fim do mês.

A verdade é que economizar dinheiro é mais um hábito do que uma tarefa e deve começar ainda que com pouco. Por isso, pequenas mudanças no comportamento cotidiano certamente surgirão efeito e, antes que você perceba, conseguirão “engordar” a poupança. Confira nossas dicas:

1. Monte o seu time

Ensine seus filhos sobre economia doméstica e sobre o valor do dinheiro. Incentive a participação de todos nestes novos comportamentos e explique a importância de economizar sempre.

2. Trace metas

como-economizar-dinheiro-ganhando-pouco-alvo

Objetivo e foco

Tenha um objetivo e siga na direção de conquistá-lo. A economia é pra casa nova? Ou pra trocar a televisão? Ter um alvo facilita e incentiva o hábito de guardar os “trocados”.

3. Seja consciente

Cuidados como apagar a luz ao sair do ambiente, desligar os aparelhos nas tomadas ou ainda verificar a potência da geladeira (quanto menor, melhor!) ajudam a economizar na conta, além de ser bom pro planeta. O mesmo vale para a água.

4. Tenha um lugar para os “trocados”

como-economizar-dinheiro-ganhando-pouco-cofre

O bom e velho “cofrinho”

Comprou o pão e recebeu moeda de troco? Guarde! Achou dinheiro no bolso da calça? Guarde! Coloque essas pequenas economias da família em um cofre e se comprometa a abrir só no final do ano ou em caso de emergência. Você vai se surpreender!

5. Compre mais por menos no atacado

Vai fazer as compras para a casa? Procure por atacadistas. Talvez vale até dividir as despesas com outra família para comprarem em quantidade maior e mais barato.

6. Plante para colher

como-economizar-dinheiro-ganhando-pouco-minihorta

Vasinhos para os temperos

Por que não cultivar os legumes e vegetais para seu consumo? Uma pequena horta em casa é saudável em todos os sentidos. A ideia também vale para os temperos. É fácil, é mais gostoso e ainda te ajuda a economizar uns trocados.

7. Decore sem gastar

Aprender uns truques de decoração pode ajudar a economizar e talvez até gerar uma renda para a família. Nós já mostramos várias dicas aqui no nosso Decorar sem gastar: Sala.

8. Exercite-se regularmente

como-economizar-dinheiro-ganhando-pouco-pesos

Exercícios fazem bem ao corpo e o bolso

Pode parecer sem conexão o exercício físico com a economia, mas não é. Ao cuidar da sua saúde, você previne doenças, evita gastar dinheiro com remédios e fica mais disposto para trabalhar e produzir mais.

9. Fique em casa

Ao invés de sair e encontrar os amigos no bar, porque não fazer uma reunião em casa? Assim, todo mundo se diverte e ainda dá pra dividir os comes e bebes.

10. Aproveite os descontos

como-economizar-dinheiro-ganhando-pouco-desconto

Aproveite os cupons de desconto online

Se decidir sair, acompanhe sites de compras coletivas e utilize os cupons de descontos oferecidos.

11. Faça em casa

Leve as refeições e lanches de casa e evite gastar em padarias e restaurantes.

Por fim, fique de olho nos pequenos gastos! Evite gastar com o que não é importante. Pode parecer difícil no começo, mas é um passo para que o seu dinheiro renda mais e você viva melhor com a sua família. Portanto, não desanime!

Decorar sem gastar: Sala

Por Assessoria de Imprensa

Decorar a casa é uma tarefa gostosa, não é? Mas o grande desafio é a decoração barata e bonita, para arrumar sem gastar muito dinheiro. O que muita gente não sabe é que dá para deixar a casa linda com economia, trabalhando alguns objetos fáceis de se encontrar e exercitando muita a criatividade.
Iniciamos hoje uma nova categoria no blog Ancona, a “Decorar sem gastar”, onde você encontrará dicas de como deixar a sua casa ainda mais especial e confortável sem apertar o orçamento. Vamos começar com as dicas para a sala?

Faltou verba para investir? Vamos reaproveitar!

Um sofá feito de pallets é uma solução fácil e econômica.

decorar-sem-gastar-sala-sofa-pallets

Almofadas deixam o sofá mais confortável e bonito

E a mesa de canto ou de centro pode ser feita das fitas VHS que você acumula em casa.

decorar-sem-gastar-sala-mesaVHS2

É possível fazer nichos para guardar objetos, como os DVDs.

decorar-sem-gastar-sala-mesaVHS

A disposição das fitas causam um efeito interessante na peça. Pura criatividade!

As tampinhas de garrafa viram um lindo tampo de mesa. É só pintar e colar!

decorar-sem-gastar-sala-tampo de mesa

As cores fortes e diferentes dão um efeito lindo! Super fácil de fazer.

Já pensou em uma estante de engradados? Nada que uma demão de tinta não resolva.

decorar-sem-gastar-sala-estante-engradados

Pés “palitos” e papéis coloridos dão um toque especial nesta estante.

decorar-sem-gastar-sala-estante-engradados2

Empilheiradas, elas formam uma estante diferente, que você pode colocar do seu jeito!

E a pintura?

Para ter uma parede texturizada sem gastar com o pintor, olha essa ideia:

decorar-sem-gastar-sala-pintura

Nesta você não tinha pensado, não é?

Criatividade nos detalhes

São eles que dão vida ao seu espaço. Não pode comprar vasos? Use garrafas de bebidas vazias para colocar flores e colorir o ambiente!

decorar-sem-gastar-sala-garrafas

Um pouco de tinta, fitas de cetim ou retalhos de tecidos deixam as garrafas ainda mais charmosas.

Aproveitando os potes de vidro usados também é possível fazer lindos e diferentes porta-retratos.

decorar-sem-gastar-sala-potes

As fotos de família deixam as melhores lembranças por perto.

Viu como tem várias formas de deixar sua casa ainda mais linda? Então, mãos à obra! Logo voltaremos com novas dicas e ideias para te inspirar.

Fontes: Sofá de PalletsMesa de Fitas de Vídeo VHSTampo de mesa com tampinhas de garrafa, Estante de engradados 1 e 2Pintura especialGarrafas e floresPorta-retrato com potes de vidro.

 

 

FGTS: o que é e o que você ganha com ele.

Por Assessoria de Imprensa

Se você é trabalhador assalariado, registrado em carteira de trabalho (CLT), você certamente conhece o FGTS – Fundo de Garantia do Tempo de Serviço. O fundo é uma poupança aberta em seu nome, pelo empregador, no intuito de te resguardar em situações diversas. Mensalmente, a empresa é obrigada a depositar um valor que represente uma porcentagem do seu salário, ainda que você seja um trabalhador temporário. Esta reserva pode ser resgatada por diversos motivos, sendo assim, é importante saber em quais situações você pode sacar o seu FGTS.

fgts-o-que-é-o-que-você-ganha-com-ele

Entenda em quais situações você pode sacar o seu FGTS

Fique atento:

Garanta seu benefício quando precisar. Você pode sacar esta poupança em diversas situações, como estas:

  • Demissão sem justa causa;
  • Rescisão do contrato por culpa recíproca ou força maior;
  • Aposentadoria;
  • No caso de necessidade pessoal, urgente e grave, decorrente de desastre natural causado por chuvas ou inundações que tenham atingido a área de residência do trabalhador, quando a situação de emergência ou o estado de calamidade pública for assim reconhecido, por meio de portaria do Governo Federal;
  • Falecimento do trabalhador;
  • Quando o titular da conta vinculada tiver idade igual ou superior a 70 anos;
  • Quando o trabalhador ou seu dependente for portador do vírus HIV;
  • Quando o trabalhador ou seu dependente estiver acometido de neoplasia maligna – câncer;
  • Quando o trabalhador ou seu dependente estiver em estágio terminal, em razão de doença grave;

Para conferir todas as condições de saque do seu benefício, clique aqui. Informe-se e garanta seus direitos!

Uma guia para a vistoria de seu imóvel

Por Assessoria de Imprensa

Ao fazer a vistoria do imóvel, é fácil se deixar levar pela emoção. É a hora de entrar pela primeira vez em um ambiente muito esperado que só era conhecido no papel ou durante a visita do apartamento modelo decorado.

Só que é preciso manter a calma, ficar muito atento e não esquecer que a função da vistoria é checar se o imóvel apresenta problemas.

Vamos economizar água?

Por Assessoria de Imprensa

­­

É verão no Brasil e embora chova em muitas regiões, outras sofrem com a seca e o desabastecimento de água, principalmente no Nordeste. Na Bahia, a Empresa Baiana de águas e Saneamento (Embasa) alertou que o calor deste período faz o consumo aumentar em até 30% em relação às outras estações do ano.

Nós da Ancona Engenharia temos preocupação com as questões ambientais e, assim reproduzimos dez dicas listadas pela EcoD (*):

1. No banheiro…

A primeira coisa que merece atenção é: fechar a torneira enquanto for passar o sabonete. Quem não tem esse hábito gasta de 12 a 20 litros de água por minuto. E, se deixar pingando, são desperdiçados 46 litros por dia.

Mas, além disso, fazer xixi no box, apesar de estranho, é eficaz no consumo. O EcoD mostrou que dados de uma campanha da fundação SOS Mata Atlântica apontam o hábito como uma forma de contribuir com a conscientização das pessoas sobre o desperdício da água, ao economizar na descarga.

Outra coisa, nada de banhos de banheira. Eles gastam, em média, 80 litros do recurso natural enquanto que o chuveiro (aberto durante cinco minutos) gasta 30 litros.

Atenção, rapazes! A melhor maneira de ajudar na economia é alternar os dias de fazer a barba. Tudo bem que o calor incomoda, mas, não custa nada tentar. Além de economizar, o ato vai dar um descanso para sua pele.

 

2. Na cozinha…

Ao lavar louças, não deixe a torneira aberta o tempo todo, o desperdício pode ser de 105 litros. Então, nada melhor que ensaboar as louças e depois enxaguar tudo de uma só vez. Outra opção é deixar os pratos de molho antes, assim a gordura sai com mais facilidade.

Uma dica para os mais engajados: que tal utilizar uma bacia para ensaboar? O resultado é o mesmo e a economia pode chegar a 160 litros a cada lavagem. Você ainda pode fazer isso na própria pia, tapando a passagem da água.

Embora não prestemos atenção, muitas vezes o desperdício pode vir durante o ato de beber água. Por isso, vale ter o cuidado ao servir o recurso às visitas, ofereça apenas o suficiente, para que não haja necessidade de jogar fora.

3. Hora da faxina…

Antes de qualquer coisa, troque a mangueira por vassoura e balde, fazendo isso você poderá economizar até 250 litros.

Na área de serviço, acumule roupas e lave todas de uma só vez utilizando o modo ‘suave’, se não estiverem muito sujas, claro. A ação poupará energia.

 

4. Cuidando do jardim

Para regar as plantas, o melhor é fazer isso à noite ou no início da manhã: nessas horas mais frias, as plantas usam menos água para sobreviver.

 

5. Lavando o carro…

Lavar o carro com uma mangueira gasta até 560 litros de água em 30 minutos. Quando precisar lavar o carro, use um balde ou a nova modalidade de lavagem a seco, que só precisa de 250ml do recurso.

6. Vazamentos…

Elimine-os! Para isso, verifique o seu hidrômetro, canos alimentados diretamente pela água da rua, canos alimentados pela caixa d´água e reservatórios subterrâneos de edifícios. Um buraco de 2mm (um pouco maior do que a cabeça de um alfinete) em um cano desperdiça até 3.200 litros de água em um dia.

Na hora de viajar, lembre-se de fechar o registro de água de sua casa.

7. Na feira…

O verão é uma excelente época para consumir frutas. Mas, só compre as que vai consumir e opte pelas de época, como ameixa, banana-maçã, pêra, nectarina, maracujá, jaca, figo e uva. Lembre-se que, para cultivar uma fruta fora de sua época, são necessários muitos litros de água.

8. Consumismo nosso de cada dia…

A cada lançamento de equipamento como celulares e TVs a troca, para muita gente, é quase que instantânea. E nessa época do ano, então… Tudo está em liquidação. Portanto, cuidado com o consumismo excessivo – ele gera desperdício. E, não podemos esquecer que as fábricas utilizam água para a produção de seus equipamentos.

 

9. Ai, meu final de semana…

O sol nos convida para a praia, fato! Por isso, lembremos de alguns cuidados: não utilize água do chuveiro para as crianças brincarem e nada de demora na hora de tirar o sal e a areia do corpo. Alerte o responsável pelo local, caso a mangueira ou o chuveiro fiquem abertos permanentemente.

Para os adeptos da piscina, não esqueçam de cobri-la quando não for utilizar, a ação evita a evaporação.

10. Hora de reaproveitar!

Se você cria peixes em casa, você sabe bem quantos litros de água são jogados fora a cada limpeza do aquário. Uma boa forma de reaproveitar o recurso natural é utilizando-o para regar suas plantas.

A água utilizada durante o banho pode servir para a descarga, a da máquina de lavar pode ser útil para limpar a calçada e a que foi usada para lavar as verduras também pode irrigar o jardim.

Se for possível, instale um sistema de reaproveitamento de água em sua casa, mas se não for, um balde comum pode fazer o serviço muito bem.

(*) O Instituto EcoD, é uma organização sem fins lucrativos, que tem como propósito sensibilizar, mobilizar e educar pessoas e organizações a incorporarem princípios e práticas que contribuam para um mundo melhor e mais justo.

http://www.ecodesenvolvimento.org/ecodesenvolvimento#ixzz2J0RDU6Cn

 

 (Equipe Ancona Engenharia)