Sorteio do Minha Casa Minha Vida levou 20 mil candidatos a Vila Olímpica de Nova Iguaçu

Por Assessoria de Imprensa

O sonho de conseguir a casa própria e formar um lar no Minha Casa Minha Vida se tornou realidade para milhares de famílias em Nova Iguaçu. Nos dias 22 e 23 de fevereiro a prefeitura promoveu o sorteio de 2.592 unidades habitacionais, construídas pela Ancona Engenharia, no Residencial Parque Gandu, através do Programa Minha Casa Minha Vida. 

O evento que divulgou os sorteados foi realizado na Vila Olímpica, no Centro da cidade, e contou com a presença de cerca de 20 mil famílias, segundo a prefeitura. 

A diarista Cláudia de Souza Lima, de 47 anos, foi uma das primeiras sorteadas.

— Hoje o meu dia está sendo perfeito. Não tenho nem palavras para descrever o que estou sentindo. É um grande sonho sendo realizado graças ao Minha Casa Minha Vida — disse ela.

O primeiro condomínio do Residencial Parque Guandu, com 288 unidades, ficará pronto em 90 dias. Todos os condomínios estarão prontos em fevereiro de 2015. Cada um deles com nove blocos de 32 apartamentos, totalizando 2.592 novas residências. Além do térreo o prédio será de três andares, com dois quartos, sala, cozinha, banheiro e área de serviço.  Em cada condomínio terá um centro comunitário com área de convivência e quadra esportiva.

É importante lembrar, que para se cadastrar no Programa Minha Casa Minha Vida é preciso ter renda de até R$1600,00. Os sorteados vão pagar uma prestação mensal que poderá variar de R$ 25 a R$ 80, durante 10 anos. Todo o complexo habitacional terá abastecimento de água, iluminação, ruas pavimentadas, transporte público, creche, escolas e postos de saúde.

Apoio a Nova Iguaçu

Por Assessoria de Imprensa

Anualmente, as chuvas de verão provocam tragédias por todo o país. A força das águas encontra a falta de preparo da população e dos governos, resultando em destruição e catástrofes e, neste ano, infelizmente a história se repete. Famílias no Rio de Janeiro sofrem esta triste realidade com as chuvas no estado, que assolaram a capital carioca e sua região metropolitana no início do mês, principalmente as cidades na Baixada Fluminense.

Os temporais dos dias 11 e 12 de Dezembro devastaram Nova Iguaçu, o município mais atingido pelas enchentes devido ao nível do Rio Botas ter subido rapidamente e inundado toda a região. A Prefeitura da cidade chegou a decretar estado de calamidade pública, com mais de 1000 moradores desalojados ou desabrigados.

Diante de tamanha destruição, no intuito de levar auxílio à comunidade de Nova Iguaçu, a Ancona Engenharia disponibilizou máquinas e equipamentos como retroescavadeira, escavadeira e caminhão, a fim de viabilizar a limpeza das ruas/locais que sofreram alagamentos e/ou desmoronamentos, para que os moradores pudessem ter os acessos liberados e retomarem as atividades do trabalho e da escola.

Como uma empresa que vê o ser humano em primeiro lugar, oferecemos nosso apoio à comunidade de Nova Iguaçu e lamentamos as perdas e danos ocorridos, fazendo votos para que a cidade se reestruture o mais breve possível.